Posts Categorized / Leis de Incentivo

  • mar 07 / 2019
  • 0
Blog-03
Leis de Incentivo

#INCENTIVAELA

A campanha, #INCENTIVAELA, nasce para mostrar quanto o esporte vem tendo um valor significativo na história da caminhada da mulher rumo ao seu empoderamento.  Acreditamos que a igualdade de gênero resultará em uma sociedade mais justa, igualitária, saudável e com um desenvolvimento social que beneficiará a todas as pessoas.

O esporte, seja ele por hobby ou profissão, além de trazer qualidade de vida, proporciona autoconhecimento, desafios e principalmente superação, gerando o empoderamento. Ele é uma ferramenta extremamente poderosa para elevar a autoestima, que até então pode estar escondida atrás do medo, da violência ou da discriminação.

Por isso, é tão importante falar sobre essa luta em direção ao empoderamento da mulher. É ir além da busca para ocupar um espaço justo na sociedade. É engajar-se: É SER QUEM ELA QUISER, é estar onde quiser, porque as mulheres mais felizes são aquelas que se vestem de si mesmas.
Parabéns para todas as mulheres  #INCENTIVAELA

  • fev 19 / 2019
  • 0
Surf
Leis de Incentivo

Incentivo ao esporte faz a diferença

Criada em 2007, a Lei de Incentivo ao Esporte (LIE) vem sendo de grande importância para o fomento da prática ao esporte, tanto na base educacional quanto no alto rendimento. Vai além do esporte, tem um papel social de grande valia, sendo responsável por transformar a vida de jovens em situação de vulnerabilidade social proporcionando e oportunizando ao jovem a aspirar novos horizontes, bem como auxiliar em diversas áreas: processo de socialização , respeito às diferenças, disciplina e o principal, os ajuda a se afastar dos malefícios que hoje se encontra nas ruas, como as drogas por exemplo.

E neste ano desenvolvemos um projeto voltado para a prática do surf e para a consciência ambiental dos jovens da nossa região Sul. Trata-se do projeto “Resgate o Surf no Sul”, que busca oferecer aos jovens de baixa renda das escolas públicas uma vida plena, saudável e que podemos ter um Brasil melhor para todos.

O projeto tem como objetivo realizar um ciclo de oficinas itinerantes para difundir e fomentar a prática do surf e skate, para crianças e adolescentes de 12 cidades (praias) do Estado do Rio Grande do Sul. Visa a conscientização dos participantes quanto aos seus direitos e responsabilidades sociais e ambientais, para assim contribuir com a preservação da natureza e meio ambiente.

Uma grande inspiração para a criação desse projeto é o atleta Gabriel Medina, que através de muita dedicação e apoio hoje é bicampeão mundial. A fórmula ele já está ensinando em seu próprio Instituto de Surf onde ele usa da lei de incentivo ao esporte para transformar e incentivar a vida dos pequenos atletas.

A Lei de Incentivo ao Esporte, segundo Medina, é grande aliada para que os objetivos traçados pelo instituto sejam alcançados. “Hoje o instituto é mantido graças à Lei de Incentivo. Sem ela provavelmente não iríamos dar conta. Toda a estrutura que a gente oferece e tudo o que as crianças vivem hoje vem disso”

Agora é a sua vez de apoiar. As pessoas físicas podem destinar 6% e as empresas 1% de seu Imposto de Renda para o Projeto: Resgate o Surf.

Conheça mais sobre este belo projeto. clique aqui

 

ÁUDIO LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE

 

  • dez 14 / 2018
  • 0
IMG_20181212_123030865_HDR
Lei Rouanet, Leis de Incentivo, Projetos Sociais

Pensa num projeto de incentivo à leitura que entrega muito mais do que livros…

Assim é o ESTANTE DE HISTÓRIAS, que orgulhosamente chega ao fim a terceira edição com um tremendo sucesso e agora passaremos a compartilhar com vocês algumas informações impressionantes.

Foram 70 escolas contempladas em 24 cidades brasileiras( Macaé, Luiz Alves, Indaial, Maringá, São Pedro do Ivaí, Ubá, Sooretama, Contagem, Igrejinha, Paranaguá, Batayporã, Rondonópolis, Rio Grande, Paraíso do Sul, Herveiras, Canguçu, Araranguá, Bela Vista do Toldo, Chuvisca, Pouso Redondo, Santa Cruz do Sul, São João do Triunfo, Capão da Canoa e Porto Alegre), 7.000 livros doados, 14.350 cartilhas distribuídas e 58 atividades realizadas (contações de histórias, oficinas com professoras e formação de plateia com alguns escritores), que beneficiaram  30.756 alunos e professoras da rede pública em 08 estados brasileiros (Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul).

Para realizar este projeto, foram necessários 07 empregos diretos e cerca 30 indiretos, movimentando recursos principalmente nos segmentos cultural, editorial, gráfico, moveleiro, educação, pedagógico e de biblioteconomia.

Nesta edição o projeto contou com a doação e o patrocínio de 09 empresas, bem como algumas pessoas físicas que acreditam que incentivar à leitura e promover a educação é o que realmente fará diferença para transformar o Brasil em que vivemos.

IMPORTANTE salientar que alcançar todos estes números só foi possível graças a Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, que há 27 anos possibilita que a cultura chegue a quem não tem acesso a ela.

 

A cada Estante de Histórias foi entregue um acervo de 100 dos melhores títulos da literatura infantil disponíveis no mercado. Para fazer esta seleção contamos com o apoio de um time de primeira linha de professoras de diferentes realidades brasileiras, da escritora e palestrante Marô Barbieri, da bibliotecária Cátia Lindelmann, pedagogos e outros profissionais das áreas da educação e cultura.

Além dos livros, o projeto também entregou juntamente com a Estante um tapete colorido de borracha para piqueniques e atividades de leitura fora da sala de aula, bem como adereços que facilitam as contações e dramatizações das histórias. Também foram entregues cartilhas que servem como material de apoio pedagógico para alunos e professoras ao longo do ano letivo.

 

Foram muitas oficinas com as professoras que se deliciavam com a atividades e ficam ainda mais encantadas ao saber que sua escola fora contemplada com a Estante, pois teriam todo aquele belo material a sua disposição para o desenvolvimento de atividades com seus alunos.

O projeto tem a proposta de ser perene nas escolas, uma vez que o material doado e o conhecimento repassado nas atividades vão muito além deste ano e outros tantos alunos serão beneficiados. Após as capacitações foram criados grupos virtuais de cada cidade, onde se trocam experiências e testemunhos todas as semanas de “cases” nas salas de aula deste Brasil afora.

Que venha a quarta, a quinta, a sexta edição…pois cultura gera futuro!

#IssoMudaoBrasil #IRdoBEM

 

 

https://www.youtube.com/watch?v=SmHfV-R8iCo  

  • nov 20 / 2018
  • 0
cultura gera futuro
Lei Rouanet, Leis de Incentivo, Projetos Culturais, Projetos Sociais

Isso muda o Brasil

A vida tem passado em frente aos nossos olhos e, na maioria das vezes, só assistimos atônitos ou de forma desconfortável vivenciamos nas ruas de nosso Brasil um país de desesperança. Além do que a mídia praticamente só fala disso, certamente por questões de interesses difusos que não cabe aqui discorrer, quando na verdade existem saídas para este caos que vivemos!

Sou advogado, mas antes de tudo sou cidadão, e estou no meio dessa loucura que esta o nosso país. Sempre fui inquieto em relação as questões sociais e passei a ter um posicionamento de empreendedor social. 

 Você também conhece esse cenário, mas é mais chocante ainda quando se toma conhecimento de alguns números sobre a Cultura no Brasil. São mais de 70% dos “Brazucas” nunca assistiram a um espetáculo de dança, embora muitos saiam para dançar. 88% dos municípios não possuem salas de cinema, teatro, museus e espaços culturais multiuso. O preço médio do livro de leitura é muito elevado quando se compara com a renda do brasileiro nas classes C/D/E. Muitos municípios brasileiros não têm biblioteca, a maioria destes se localiza no Nordeste. (Fonte: Ministério da cultura – IBGE – IPEA). Cultura é a identidade de uma nação. E sinto que nosso país é órfão. É muito triste saber que a grande maioria dos brasileiros nunca frequentaram museus ou jamais frequentaram alguma exposição de arte.

 Porém, nós da VR Projetos Culturais acreditamos que existe uma solução, com o grande poder de causar uma mudança nesse lamentoso cenário que o Brasil se encontra atualmente. Essa chave pode transformar vidas de pessoas que não tem acesso básico a cultura. Por isso, hoje decidimos vir aqui e te contar que segredo é esse e porque ele é tão poderoso.

 A CHAVE DE TRANSFORMAÇÃO

Essa poderosa chave é a tão falada Lei Rouanet de Incentivo à Cultura (Lei 8.313/91), que permite a todas as empresas tributadas no lucro real e pessoas físicas, que fazem a declaração do imposto de renda completa, direcionarem uma porcentagem de seu Imposto de Renda devido para projetos culturais.

Apesar de tantos boatos e ideias ruins sobre a Lei (99,5% fake news), a VR Projetos Culturais tem cases completamente diferentes e positivos que só foram possíveis através deste sério mecanismo do Ministério da Cultura. Nesses 9 anos de VR Projetos Culturais já foram mais de 280 municípios atendidos e 2,8 milhões de pessoas que foram beneficiadas pelos projetos culturais itinerantes. Vimos escolas públicas tendo acesso gratuito a acervos de livros novos, oficinas de mediação de leitura sendo realizadas com educadores, teatro e cinema de graça para toda a população, crianças saindo das ruas e ganhando formação no mundo da música, jovens ganhando a oportunidade de ter um futuro diferente em nossa sociedade.

cultura gera futuro

Agora que você já conhece a chave que pode mudar o futuro do nosso Brasil, está em suas mãos ou de sua empresa em fazer diferente. Seja você também um agente de transformação, colabore com o futuro do nosso Brasil!

  • dez 13 / 2017
  • 0
Imagemblog2
Leis de Incentivo, Projetos Culturais, Projetos Sociais

Você acha possível mudar o Brasil sem fazer nada por isso?

O cenário atual do Brasil é uma situação preocupante e complexa, que exige soluções rápidas e inovadoras. A deficiência nos campos de saúde, educação, cultura, escassez de mão de obra qualificada, a negligência da própria população com relação aos problemas vivenciados no dia a dia e principalmente as mazelas sociais que se tornam cada vez mais comuns hoje em dia são apenas exemplos dos problemas mais alarmante que estamos vivendo.
E por onde começar essa mudança que o Brasil precisa? Quem é o principal agente de transformação nessa história toda?
Somos nós! A mudança do Brasil está nas mãos de cada um de nós, precisamos primeiro começar com uma mudança de comportamento, abrir os olhos, e tomar posse das ferramentas que estão disponíveis e que poucas pessoas utilizam. A principal delas são as Leis de Incentivo, que possibilitam pessoas físicas a investirem 6% de seu imposto de renda em projetos sociais transformadores e Pessoas Jurídicas 4%.
Essa mudança chave que precisamos já tem acontecido por parte de diversas pessoas engajadas no apoio a projetos culturais, sociais e esportivo. Importante lembrar que todo valor incentivado retorna 100% na restituição ou é abatido do Imposto de Renda a pagar.
Neste artigo tomamos como exemplo a Lei de Incentivo ao Esporte (Lei Federal nº 11.438/2006), que utiliza o potencial do esporte como ferramenta ímpar para o desenvolvimento individual e coletivo do ser. A inserção da prática de esportes na vida de jovens em situação de vulnerabilidade social proporciona ampliar o conhecimento físico e mental, oportuniza o jovem a aspirar novos horizontes, auxilia no processo de socialização , os ensina a ter respeito às diferenças, disciplina e o principal, os ajuda a se afastar dos malefícios que hoje se encontra nas ruas, como as drogas por exemplo.

Continuem ligados no blog que semana que vem sairá a segunda parte do artigo, falando sobre a Lei de incentivo à cultura.

Artigo produzido por Renato Paixão, advogado especializado em Leis de Incentivo

  • jun 26 / 2014
  • 0
Lei Rouanet, Leis de Incentivo, Projetos Culturais, Projetos Sociais

Aumente a restituição ou deduza do imposto de renda utilizando leis de incentivo,em especial a Lei Rouanet

A pessoa física também pode aumentar a restituição ou deduzir do imposto de renda e pagar utilizando a Lei de Incentivo Federal à Cultura (Lei Rouanet), Lei de Incentivo Federal ao Esporte, Lei do Idoso, Audiovisual e Estatuto da Criança.

Saiba mais sobre os incentivos fiscais mais conhecidos:

Lei de Incentivo à Cultura – Lei Federal nº 8.313/1991 (Lei Rouanet): Pessoas jurídicas podem deduzir até 4% e pessoas físicas um percentual de até 6% do Imposto de Renda e destinarem esta verba para a realização de projetos culturais, tendo como exemplos os projetos de nosso site.

Lei do Esporte – Lei Federal nº 11.438/2006: Pessoas físicas podem descontar até 6% do Imposto de Renda devido e pessoas jurídicas até 1%. Patrocínios e doações para a realização de projetos paradesportivos e desportivos sejam descontados do Imposto de Renda devido por pessoas físicas e jurídicas.

Lei do Audiovisual – Lei Federal nº 8.685/1993Voltada para a atividade audiovisual cinematográfica brasileira de produção independente. 

Leis Estaduais de incentivo à cultura: Estabelecem a possibilidade de dedução de valores investidos do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços – ICMS, que é de competência de cada estado.

Leis Municipais de Incentivo à Cultura: Estes incentivos são concedidos tanto para pessoas jurídicas ou para pessoas físicas. Alguns municípios possuem Leis de Incentivo a atividades culturais, estabelecendo a possibilidade de dedução dos valores investidos do Imposto Predial Territorial Urbano – IPTU e Imposto sobre Serviços – ISS.

Fundo da Criança e do Adolescente – Lei Federal nº 8.096/90: Permite aos contribuintes do Imposto de Renda declarar o valor das doações efetuadas ao Fundo. Também conhecido como FIA ou Funcriança, esse fundo visa à viabilização do Estatuto da Criança e do Adolescente, e é também o suporte para o cumprimento e execução das políticas para o atendimento infantojuvenil.

PRONAS e PRONON – Lei Federal nº 12.715: A Lei foi aprovada em 2010 e implementou dois mecanismos de incentivo fiscal para a Saúde: o PRONON (Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica) e o PRONAS/PCD (Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência).

Confira no link do site da Receita Federal quais os gastos que podem ser deduzidos.

 2014-06-26

  • dez 30 / 2013
  • 0
Lei Rouanet, Leis de Incentivo, Notícias

A VR Projeto agradece a quem acreditou em 2013

vr_arcoIro

Em 2013, a VR Projetos batalhou diariamente para dar vida a projetos que transformam vidas. Mas não fez nada disso sozinha. Hoje é dia de a gente agradecer a você, apoiador e incentivador, pelo crédito e pela parceria ao longo desse ano. Temos a certeza que seu “empurrãozinho” fez brilhar o olho de alguém que terá um futuro melhor.

Vamos juntos para 2014… até lá!

  • dez 27 / 2013
  • 0
Lei Rouanet, Leis de Incentivo, Notícias, Projetos Culturais, Projetos Sociais

Só pensar em ajudar não vai resolver

vr10
Pense no bumerangue, se ficar somente com você não irá trazer a alegria do arremesso e tão pouco de o ver retornar à sua mão.

Na vida, nós jogamos bumerangues diariamente, mas se não for jogado com intensidade e firmeza ele não retorna.

O mesmo acontece com o Imposto de Renda que pagamos sem saber exatamente onde vão parar todos os recursos pagos. Porém essa história pode mudar, pelo menos em parte, quando  direcionares até 30/12 os 6% do IR para um projeto cultural ou social via Lei Rouanet. Consulte seu Contador.

Então? A decisão é sua, mas o benefício poderá ser de muitos!

  • dez 12 / 2013
  • 0
Lei Rouanet, Leis de Incentivo, Notícias, Projetos Culturais, Projetos exclusivos, Projetos Sociais

Destine seu Imposto de Renda

A VR Projetos parabeniza esta ação de conscientização para destinação de Imposto de Renda a projetos voltados a crianças e adolescentes da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho junto ao Conselho Regional de Contabilidade – CRCRS, e a CEDICA - Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente. A campanha, intitulada “Imposto que Rende”, visa mobilizar os contribuintes comuns a destinarem seus impostos devidos a projetos e instituições até o dia 30 de dezembro, data final para utilizar este mecanismo de incentivo fiscal.

Veja a propaganda da campanha veículada na TV:

Não perca tempo e destine parte do seu imposto de renda Pessoa Física ou Jurídica a projetos transformadores de vidas. O prazo final é no dia 30 de dezembro e existem muitas opções de projetos esperando o seu incentivo. Esta destinação é realizada conforme as leis de incentivo fiscal permitidas pelo Governo e Receita Federal e totalmente transparente a ponto de você ter acesso à prestação de contas do projeto escolhido.

Utilize a calculadora online da VR Projetos para simular a sua destinação Pessoa Física. Clique aqui.

Quer saber quais projetos você pode incentivar? Confira nossas opções aqui.

Tire todas as suas dúvidas sobre destinação de Imposto de Renda no site da VR Projetos.

Veja o vídeo institucional da VR Projetos sobre o tema:

  • dez 11 / 2013
  • 0
Lei Rouanet, Leis de Incentivo, Notícias, Projetos Culturais, Projetos Sociais

A VR ajuda você a dar o emprego correto ao seu Imposto de Renda

vr_emprego

Vamos fazer do limão uma limonada? Seu Imposto de Renda pode ser muito bem empregado e destinado para projetos que transformam vidas. Ou você prefere que o governo decida o que vai fazer com todo o seu imposto devido? Incentive projetos culturais.

Mas corra, o prazo está no fim. Você tem até o dia 30 de dezembro. A VR Projetos está à disposição para te ajudar a empregá-lo corretamente.

Páginas:12345